Material Didático Química

Bioquímica dos vírus

PROFESSORA PAULA NASCIMENTO


 

Os vírus são organismos pequenos e bastante simples que são considerados seres vivos por alguns autores e não vivos por outros. Para se ter ideia da dimensão desses organismos, o menor vírus de que se tem registro possui apenas 20 nm de diâmetro.
São conhecidos, principalmente, por causarem várias doenças e serem considerados parasitas intracelulares obrigatórios.

ESTRUTURA DOS VÍRUS

Os vírus são organismos que não possuem célula (acelulares), sendo sua estrutura formada basicamente por proteínas e ácido nucleico. A proteína forma um envoltório denominado de capsídio.

A função principal dos capsídios é proteger o material genético, que normalmente é de apenas um único tipo (DNA ou RNA), apesar de alguns vírus apresentarem os dois tipos (citomegalovírus).

Diferente da maioria dos seres vivos, o genoma dos vírus é bastante diferenciado, existindo organismos com DNA de dupla fita, DNA de fita simples, RNA de dupla fita ou RNA de fita simples. Independentemente do tipo de material genético observado, o genoma é organizado, geralmente, na forma de uma única molécula linear ou circular.

virus1

Alguns vírus possuem ainda um envelope localizado externamente ao capsídio e que é formado por lipídios, proteínas e carboidratos.

Os vírus que possuem envelope recebem a denominação de envelopados. Sendo assim, de maneira resumida, podemos dizer que os vírus são compostos por:
• ácido nucleico (DNA, RNA ou os dois);
• capsídeo;
• envelope membranoso (presente apenas em alguns tipos de vírus).

ÁCIDOS NUCLEICOS

Os ácidos nucleicos podem ser definidos como polímeros (macromoléculas formadas a partir de unidades menores) compostos por moléculas conhecidas como nucleotídeos. Os dois ácidos nucleicos existentes são o ácido desoxirribonucleico (DNA) e o ácido ribonucleico (RNA). Eles são responsáveis por codificar e traduzir as informações que determinam a síntese das várias proteínas encontradas nos seres vivos.

componentes1

Os ácidos nucleicos são formados pelos nucleotídeos, moléculas compostas por três componentes:
• Grupo fosfato;
• Açúcar de cinco carbonos (pentose);
• Base nitrogenada (base contendo nitrogênio).

O DNA e o RNA, que são os dois tipos de ácidos nucleicos existentes, apresentam diferenças em seus nucleotídeos. O açúcar de cinco carbonos pode ser a ribose ou a desoxirribose. Esses açúcares diferenciam-se pelo fato de que a desoxirribose apresenta um átomo de oxigênio a menos que a ribose. A desoxirribose está presente no DNA, enquanto a ribose é encontrada apenas no RNA.

As bases nitrogenadas de um nucleotídeo são também variadas. São bases nitrogenadas a adenina, a guanina, a timina, a citosina e a uracila. Elas estão agrupadas em dois grupos: pirimidinas e purinas. Cada base nitrogenada possui um ou dois anéis com átomos de nitrogênio.

bases

Portanto, existem dois tipos de ácidos nucleicos: o ácido desoxirribonucleico ou DNA (desoxirribonucleic acid) e o ácido ribonucleico ou RNA (ribonucleic acid). Ambos são macromoléculas compostas por cadeias de centenas ou milhares de nucleotídios ligados.


Referências:
https://brasilescola.uol.com.br/biologia/virus-2.htm
https://brasilescola.uol.com.br/biologia/acidos-nucleicos.htm
https://www.todamateria.com.br/que-sao-os-acidos-nucleicos/


0 comentário em “Bioquímica dos vírus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: